Tipos de madeiras para cada construção

Tipos de madeiras para cada construção

Levando em consideração o desmatamento das florestas brasileiras, o uso de madeira nativa é posto à prova. Porém, será que a solução consiste em baní-las das obras? Segundo o engenheiro florestal Reinaldo Herrero Ponce, ‘’proibi-la significa atestarmos que a nossa floresta não tem valor’’. ‘’É preciso ressaltar a importância de uma aquisição consciente’’, afirma o engenheiro paulista Edo Callia, da Callia Estruturas de Madeira.

É possível construir sem degradar o meio ambiente através de espécies nativas e de reflorestamento

Estruturação da casa: Opções de alta densidade são as mais viáveis para estruturar a casa. Segundo Luis Carlos Zanchet, da Zanchet Madeiras, ‘’em geral, quanto mais pesada, maior a resistência mecânica e a durabilidade’’. Espécies nativas como Cumaru, Jatobá, Roxinho e Itaúba,  possuem alta densidade e resistência ao ataque de fungos e cupins;

Telhado: Como opção para telhados, a garapeira é uma boa opção, porém deve ficar protegida de chuva, pois apodrece rapidamente. O cambará é indicado, também, porém é preciso tomar alguns cuidados. Segundo Luis Carlos, “seu alburno tem muito amido, alimento de cupim. Por isso, proteja bem a madeira”. Ele ressalta, também, que a cupiúba e o angelim-vermelho, que são extremamente resistentes, têm o problema do mau cheiro. “Dizem que o odor diminui, mas na verdade é o olfato que se acostuma”, afirma;

Guarnições e lambris: Espécies de fibras retas e secas em estufa que não se movimentam ou empenam, são ideais para guarnições. Destre as quais, destacam-se: freijó; cedro-rosa; jequitibá-rosa e angelim-pedra. Para lambris, é preferível optar por tipos macios e fáceis de trabalhar, como por exemplo o cedrinho, angelim-pedra, freijó e caixeta;

Deteriorações que podem prejudicar as madeiras

Neste caso, são dois tipos: a deterioração biológica, provocada por fungos e a que é causada por intempéries. Espécies de alta durabilidade ou tratadas quimicamente, são boas opções para evitar esses tipos de problemas. Impermeabilizantes são, também, uma ótima opção para garantir a proteção da madeira. Outro vilão das madeiras, são os cupins que costumam atacar quando amadeira está exposta à umidade e preferem espécies macias como pínus e araucária.

Produtos para manter a madeira sempre conservada

‘’Todas as madeiras expostas devem ser protegidas. Os vernizes formam camadas sobre as peças, já o stain penetra sem formar película’’, explica Flávio Carlos Geraldo, da Associação Brasileira de Preservadores de Madeira (ABPM)

A seguir, uma lista de produtos que auxiliam na conservação da madeira:

  • Vernizes em geral;

  • Verniz Marítimo;

  • Sparlack Cetol Long Life;

  • Verniz Duplo Filtro Solar Polidur;

  • Verniz à base de água com duplo filtro solar;

  • Stain Plus;

  • Osmocolor Stain Castanho UV Deck;

Comente!

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Nome *

Email *